sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Filme "Mar Adentro" - Eutanásia- Opinião

  Eu sei é um filme para lá de velho, mas à muito que eu o queria ver. É um filme com um conteúdo que provoca muitos debates nos dias que correm, EUTANÁSIA!

*foto retirada da net*

  A sua história é baseada em fatos reais contando a dura batalha que Rámon Sampedro que em jovem ficou tetraplégico na consequência de um salto para o mar, onde ao mergulhar a maré estava baixa e este partiu o pescoço. Este homem defendia a eutanásia pois dizia ele que "queria morrer com dignidade" já que a sua vida estava destinada ao leito de uma cama e à prestação de cuidados da sua família. Com a ajuda de Julia, sua advogada, Rámon dará entrada num processo judicial para que possa por termo à sua vida legalmente. Batalha esta que será perdida mas não se dando por vencido ele consegue o que tanto queria com ajuda de amigos próximos. Digamos que para quem  se quer divertir um pouco talvez não seja a melhor opção assistir a algo do género, mas não deixa de ser uma história interessante.
  Eu trabalho numa Unidade de Cuidados Continuados e todos os dias tenho um utente que diz que não está cá a fazer nada e que estar deitado sem se mexer em cima de uma cama não podia ser considerado viver. Eu como funcionária não os posso incentivar neste tipo de pensamentos mas sinceramente acabo por partilhar deste tipo de opinião. Sou criticada por muitos por esta minha forma de pensar, mas ao que eu assisto na minha vida profissional faz-me ser totalmente a favor da eutanásia seja ela de que tipo for. Não quero ter as minhas faculdades mentais em perfeito estado quando o meu corpo não o está, seja por doença degenerativa, tetraplegia ou outro tipo de doença terminal onde o fim será ser doloroso tanto para mim como para quem me é próximo.

  Desculpem se feri alguém com este post, sei que desta vez peguei num assunto pesado, mas não podia deixar de expressar a minha opinião à cerca do mesmo.

  Deixem o vosso comentário com o vosso ponto de vista também.

  Bjus***

1 comentário:

  1. É um assunto realmente complicado... Eu não tenho uma opinião formada sobre esse tema. Mas, penso que é uma situação muito dolorosa e complicada.
    Adorei o seu blog! Super bacana!

    Um beijo,
    Layla! :D

    ResponderEliminar